JURIX 2023

36th International Conference on Legal Knowledge and Information Systems
  • 0
  • 186 visualizações
Scroll Down To Discover

JURIX 2023 – The 36th International Conference on Legal Knowledge and Information Systems

 

Universidade de Maastricht, Maastricht, Holanda.

18 a 20 de dezembro de 2023. https://jurix23.maastrichtlawtech.eu/

 

ver site do evento

 

Envio de artigos (longo, curto, demo): *17 de setembro* (estendido)

Submissão de resumos (recomendado): 8 de setembro.


Tópicos

Durante mais de 30 anos, a conferência JURIX tem proporcionado um fórum internacional para investigação sobre a intersecção entre Direito, Inteligência Artificial e Sistemas de Informação, sob a organização da JURIX Foundation for Legal Knowledge Systems.

O objetivo das conferências JURIX é promover o intercâmbio científico entre pesquisadores, profissionais, estudantes, dedicados a explorar avanços, desafios e oportunidades recentes de tecnologias aplicadas a atividades jurídicas e paralegais. Ainda está aberto o prazo para submissão de artigos originais sobre informação jurídica, sistemas de conhecimento jurídico, inteligência artificial e direito, abordagens computacionais e sociotécnicas do direito e outros sistemas normativos, abrangendo fundamentos, métodos, ferramentas, sistemas, interfaces e aplicações. Os artigos devem demonstrar contribuição científica, importância do trabalho, validade (formal) e/ou avaliação adequada.

 

Os tópicos incluem, mas não estão limitados a:


I – Lógicas e Sistemas Normativos

– Teorias computacionais do direito
– Representações computacionais de regras jurídicas e linguagens específicas de domínio (DSLs) para o direito
– Lógicas formais e modelos computacionais de raciocínio jurídico e tomada de decisão
– Modelos formais de normas e sistemas governados por normas
– Representação do conhecimento, engenharia do conhecimento e ontologias no domínio jurídico
– Web semântica, dados abertos e vinculados, linguagens de marcação para o domínio jurídico
– Raciocínio normativo por agentes autônomos; sistemas multi agentes: operacionalização de normas, emergência de normas
– Métodos computacionais para modelagem baseada em agentes para formulação de políticas e normas
– Métodos computacionais para negociação, formação de contratos, resolução de disputas
– Métodos computacionais para agregação de preferências e votação
– Métodos computacionais para verificação de conformidade, autorização, auditoria e regulamentação
– Métodos computacionais para IA e Governança de Dados


II – Processamento de Linguagem Natural e Aprendizado de Máquina

– Mineração de argumentos em textos legais
– Métodos e modelos de aprendizado de máquina para classificação de documentos jurídicos, recuperação de informações, resumo automático de textos jurídicos
– Métodos e modelos de aprendizado de máquina em apoio à elaboração regulatória e de contratos
– Processamento de linguagem natural para análise de textos jurídicos, incluindo tarefas de PNL padrão específicas da lei (reconhecimento de entidade nomeada, rotulagem de função semântica, tradução, etc.)
– Extração de informações, compreensão de textos (por exemplo, implicação) de dados e textos jurídicos
– Sistemas de resposta a perguntas, chatbots e sistemas de diálogo no domínio jurídico
– Análise de rede aplicada a documentos jurídicos (lei estatutária, jurisprudência, jurisprudência) e dados jurídicos.
– Descoberta de conhecimento, descoberta causal e mineração de processos no domínio jurídico
– Sistemas de recomendação no domínio jurídico


III – Sistemas Cognitivos e Sociotécnicos

– Computação cognitiva e sistemas de informação baseados em IA para gestão do conhecimento jurídico (investigação jurídica e gestão de casos), visualização de dados jurídicos e apoio à decisão.
– Arquiteturas híbridas (simbólicas e subsimbólicas) em aplicações jurídicas
– Interação humano-computador em aplicações jurídicas
– IA explicável para aplicações legais
– Justiça e mitigação de preconceitos em sistemas de IA para práticas jurídicas
– Regulamentação técnica de IA, compartilhamento de dados, processamento de informações e sistemas de computação
– Sistemas de informação baseados em IA que melhoram o acesso à justiça e à igualdade de oportunidades
-Governo eletrônico, democracia eletrônica e justiça eletrônica
– Aplicações de IA no ensino e formação jurídica
– Sistemas inteligentes de tutoria jurídica, sistemas inteligentes de apoio à ciência forense.


Envio e publicação

O prazo para submissão de trabalhos é 17 de setembro de 2023 (prorrogado), em todo o mundo. A submissão do resumo (8 de setembro) é recomendada.


Datas importantes

Prazo para submissão de resumos: 8 de setembro de 2023 (recomendado)
Prazo para envio de artigos: 17 de setembro de 2023
Notificação de aceitação: 20 de outubro de 2023
Prazo final para câmera: 27 de outubro de 2023
Workshops, tutoriais e consórcio de doutorado: 18 de dezembro de 2023
Conferência Principal: 19 a 20 de dezembro de 2023


Organização e contatos

Presidente do Programa: Giovanni Sileno, Universidade de Amsterdã, Amsterdã, Holanda
Copresidentes organizadores: Gijs van Dijck, Konrad Kollnig, Jerry Spanakis e Aurelia Tamo-Larrieux, Universidade de Maastricht, Maastricht, Holanda

C4AI oferece bolsa de treinamento técnico
Prev Post C4AI oferece bolsa de treinamento técnico
O que são sistemas de IA “black box” ?
Próximo post O que são sistemas de IA “black box” ?
Related Posts

Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Pular para o conteúdo