Inteligência Artificial do Google: Bard x Gemini

  • 0
  • 69 visualizações
Scroll Down To Discover

Bard e Gemini são dois modelos de linguagem avançados desenvolvidos pelo Google, saiba a diferença.

As tecnologias foram treinadas com um enorme conjunto de dados de texto e códigos-fonte, devido a isto são capazes de realizar uma variedade de tarefas, incluindo geração de texto, tradução de idiomas e resposta a perguntas.

O Google Bard, lançado em março de 2023, é um modelo de linguagem baseado no PaLM 2 e treinado para funcionar como um chatbot. Ele é capaz de acessar e processar informações do mundo real por meio da Pesquisa Google e pode usar essas informações para responder as perguntas.

Já o Google Gemini, lançado em dezembro de 2023, é um modelo de linguagem multimodal, escalável e de certa forma um aperfeiçoamento do próprio Bard. O Gemini foi treinado para ser criativo e original, além de conseguir compreender entradas de usuários nos mais diferentes formatos como imagem, texto, áudio, entre outros. Ele é capaz gerar diferentes formatos de texto e segundo o próprio Google é melhor que o GPT-4, conforme indicado por testes de referência, como o MMLU, GSM8K e MATH .

É importante mencionar que, embora tenha sido envolto em polêmicas durante o lançamento, o Gemini continua a ser uma ferramenta avançada.

O Gemini foi lançado em três versões, o Gemini Ultra, que ainda será lançado, é voltado para tarefas altamente complexas, o Gemini Pro, um modelo para realizar tarefas de modo geral e disponível dentro do Bard e o Gemini Nano, voltado para dispositivos móveis.

O Bard e o Gemini são ferramentas poderosas que podem ser usadas para uma variedade de propósitos. A escolha do modelo certo dependerá das necessidades específicas de cada usuário. À medida que esses modelos evoluem, eles se tornam ainda mais poderosos e versáteis.

Proposta do Marco Regulatório de IA no Brasil recebe novas emendas
Prev Post Proposta do Marco Regulatório de IA no Brasil recebe novas emendas
Boletim de notícias sobre IA nº 8
Próximo post Boletim de notícias sobre IA nº 8
Related Posts

Comentário:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *